quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

PARA VOCÊ MEU QUERIDO...2018

Para você, meu querido... 2018
Eu ofereço minha garra, acordando cedinho como de costume, disposta e entusiasmada, apreciando os pássaros no flamboyan anunciando a alvorada, acreditando que todos os 365 dias trarão oportunidades para meu crescimento e desenvolvimento na Terra.
Eu ofereço minha disciplina e dedicação em tudo que fizer, colocarei o melhor de mim em cada fração de segundo do tempo em cada dia; produzirei e descansarei para continuar a produzir seja lá o quê me for enviado para fazer em benefício do meu próximo.
Eu ofereço minha fé na sinceridade e autenticidade das pessoas que cruzarão no meu caminho, prometendo valorizar seus pontos fortes vez que elas também farão o mesmo em relação a mim. Se não houver esta reciprocidade, ofereço minha capacidade de compreendê-las mesmo assim.
Eu ofereço meu perdão a todas as minhas falhas, faltas, pisadas de bola, mancadas, gafes, e todo o tipo de desconforto que possa aparecer pela frente. Perdão a mim, perdão ao outro, perdão a tudo incondicionalmente, considerando que somos caminhantes aprendizes na estrada da evolução.
Eu ofereço minha alegria, minha tristeza, e com elas todos os outros sentimentos genuínos que me possam surgir, tendo em vista este meu perfil de intensas e profundas emoções e aguçada sensibilidade aos estímulos que chegarão até mim.
Eu ofereço minha capacidade de pensar, sentir e agir, para gerar energia positiva neste Universo, bem-estar aos que de mim se aproximarem, inspiração aos que em mim se apoiarem.
Eu ofereço minha antecipada gratidão a todas as experiências que viverei, porque as transformarei em aprendizado e nelas me ancorarei para ser uma pessoa melhor.
Eu ofereço meu colo, para amparar aos que dele necessitarem, minha amizade para rir e chorar junto com aqueles que quiserem se envolver na minha existência, sem me julgar, sem me cobrar nada, apenas desfrutar da minha presença envolvendo-me na sua, exatamente como sou.
Eu ofereço meu intenso e profundo amor, depositado em tudo o que faço e farei e que sou e que serei, como instrumento para a transformação de almas, como bálsamo para tantas feridas que me chegam para curar através do meu labor.
E se findos os 365 dias eu estiver na Terra, brindarei e dançarei, cantarei e comemorarei a trajetória percorrida neste ciclo, como faço agora, com meu velho ano, 2017, que tanto aprendizado me trouxe!
2018, eu te ofereço a mim em toda a minha plenitude!
2017, sou grata por ter vivido dias de abundância e paz, silêncio e luz, esperança e fé,  contando sempre com Jesus!

Feliz Ano novo, adeus Ano velho!